• julieserafim

Mudança de hábitos

Atualizado: 25 de abr. de 2020

Há alguns dias atrás estava assistindo o documentário "The Game Changers" original da Netflix e foi algo que mudou a minha forma de pensar, a maneira com a qual relacionam proteína, força e hábitos alimentares abriu meus olhos para muitos mitos e cultural costumes que seguia por muitos anos. Sempre procurei por algo que me oferecesse um balanço e moderação em relação a tudo que consumo, uma harmonia entre o meu corpo e o mundo no qual eu vivo, mas até então não havia encontrado algo que de fato representasse esse momento em que estou na vida.


Gosto de malhar, de estar em contato com natureza e ser grata por tudo aquilo que vivo e tenho, me preocupo com desigualdade, sustentabilidade, desmatamento, crueldade com a qual os animais são tratados e executados para consumo, mas de fato toda essa preocupação não afetava a forma no qual me alimentava. Assim como muitos não estava disposta a mudar e colocava limites para essa transição. Ao assistir ao documentário, que vai muito além da relação comida x corpo x exercícios físicos, a gente nunca imagina como reage no nosso corpo aquilo que comemos, os benefícios mas também malefícios que aquilo que comemos pode causar, então eu resolvi tentar, resolvi mudar a minha alimentação baseado na proposta apresentada.



Eles mencionam a " Plant based diet" que alguns conhecem como "Flexitarian Diet" que é basicamente priorizar plantas na sua alimentação de forma não obsessiva. Esse ideal é perfeito para pessoas assim como eu desejam reduzir o consumo de carnes e produtos de origem animal sem se tornar completamente Vegana.

Sabemos que muitas pessoas encontram dificuldades na dieta Vegana e que não é ideal ou sustentável para todas as pessoas. Nós somos indivíduos únicos com diferentes necessidades, vontades e faltas ( tipo aquela vontade de comer chocolates e bolos). A dieta baseada em plantas abre o espaço para outros nutrientes ou produtos no qual você sinta vontade de consumir. O ponto positivo sobre ela é que você mantém alimentos que considerar essenciais como carboidratos, fibras, proteínas, vitaminas e outros.

Seu corpo se sentirá mais hidratado e disposto para enfrentar o dia a dia ou para a prática de esportes e você ainda ajudará a diminuição da exploração animal, desmatamento para criação de gado, diminuição da poluição e gastos com água na criação desses animais para consumo.


Devido ao Covid19 estamos em um momento de mudanças, tivemos que aprender novas formas de socializar, uma nova forma de viver, e por que não aproveitar essa onda de mudanças para a sua alimentação e consumo de produtos?

Acredito que o primeiro pensamento que surge é COMO? O documentário tem um site completo com informações, receitas e depoimentos de personalidades e atletas que fizeram essa escolha acesse https://gamechangersmovie.com. Outra forma é conversar com aquele seu amigo Vegano ou Vegetariano, com toda a certeza ele poderá te indicar milhões de sites, instagrams ou nutricionistas que podem te ajudar nesse processo de transição, uma outra dica é EXPERIMENTAR novas comidas e restaurantes (delivery). Para finalizar, foque sua compra semanal em legumes & verduras, grãos & cereais, frutas, vegetais ricos em cálcio (como brócolis, couve, repolho, humos , leite de soja), Omega 3, vitaminas D (óleo de linhaça, banho de sol) B12 e suplementos. E o mais importante, caso sinta aquela vontade de comer produtos com origem animal COMA! O foco é reduzir e através de pequenos passos, pequenas mudanças chegar em seu objetivo seja ele qual for.






56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo